Lei de Maquila: uma oportunidade da retomada da competividade do produto nacional?

Empresários do Brasil vêm se debruçando na complicada matemática de manter seus empreendimentos funcionando, numa conjuntura nacional onde há impostos em demasia, altos encargos trabalhistas, elevação do custo dos insumos de produção e uma forte desaceleração econômica, componentes que vem provocando uma quebra do setor fabril nacional.  O ambiente nacional não é propício para novos…

Planejamento Sucessório: a chave para a longevidade

O grande problema é não pensar na sucessão. A transição é um processo natural que obrigatoriamente vai acontecer e, uma hora, o fundador não estará mais à frente do negócio. Por isso, é importante utilizar mecanismos prévios visando a preservação e a continuidade da empresa . (Revista Dimensão-PR – Curitiba – Julho/2016 – online)

A importância das holdings em tempos de crise

As holdings são excelentes instrumentos não só de organização e proteção patrimonial, como também de controle, gestão, eficiência tributária e planejamento sucessório. Isso porque tais estruturas possuem como principal objetivo a segregação e controle do patrimônio de pessoas físicas e jurídicas, de forma que os bens venham a pertencer a uma pessoa jurídica e não…

Governança Estruturada é a Chave para a Longevidade das Pequenas e Médias Empresas Familiares

Uma governança planejada e bem elaborada oferece agilidade, transparência, segurança e melhor fluxo de informações a todas as partes interessadas, facilitando, inclusive, o acesso a investimentos. A transparência nos processos decisórios, a adoção de regras e procedimentos e a clareza de contas dá segurança aos sócios e investidores, além de elevar a valorização dos ativos…

Desconsideração Inversa da Personalidade Jurídica: Responsabilização da PJ por Dívidas dos Sócios

Esse tipo de prática, embora reprovável, é comum em casos de separações e divórcios em que o cônjuge, visando livrar parte (ou a totalidade) de seus bens da partilha, transfere-os para a pessoa jurídica. Porém, caso essa situação seja comprovada judicialmente, será possível atingir o patrimônio da pessoa jurídica, desmantelando a fraude praticada. (Gazeta do…

Falecimentos Alteram Estrutura Societária de uma Empresa

O falecimento repentino do dono, ou mesmo dos sócios, pode alterar toda a estrutura societária de uma empresa. Por isso é necessário, que ainda em vida, o fundador elabore documentos societários bem alinhados, tais como contrato social, estatuto social e acordo de sócios prevendo soluções legais quando da ocorrência de algum tipo de problema, além…